CARTA POLÍTICA DA COMISSÃO GUARANI YVYRUPA (CGY)

Novembro de 2006

No atual contexto de adversidade e retrocesso em relação à regularização das Terras Guarani-Mbya, surgiu a iniciativa das lideranças Guarani de promover um amplo movimento de articulação entre todas as comunidade Guarani, situadas nas regiões sul e sudeste do Brasil, com a finalidade de estabelecerem, conjuntamente com seus parceiros, estratégias e ações comuns na defesa das Terras e do Território Tradicional Guarani.

Resgatando os movimentos de luta dos seus antepassados pelo direito a terra, baseando nos ensinamentos de suas lideranças espirituais e dos nhanderamói, respondendo aos anseios de suas comunidades por uma vida digna e de conformidade com o nhandereko foi criada a Comissão Nacional de Terra Guarani “Yvy Rupa”.

A Comissão Nacional de Terra Guarani “Yvy Rupa” é uma organização política que se sustenta no próprio modo de articulação e representação Guarani, diferenciando-se do modelo de organização imposto pela sociedade ocidental – formalista e burocrático.
A Comissão Nacional de Terra Guarani “Yvy Rupa” é a legitima representação do Povo Guarani, na sua longa caminhada por uma verdadeira autonomia política, e tem como principal objetivo fortalecer as comunidades Guarani na sua luta pela defesa das Terras e de seu Território Tradicional.

COMPOSIÇÃO DA CGY
Coordenação Nacional (Em Ordem Alfabética)
Antonio Carvalho (Toninho) – Aldeia Boa Esperança/ES;
Alcides Mariano – Aldeia Paranapuã/SP;
Leonardo Wera Tupã – Aldeia Araçai/PR;
Marcos dos Santos Tupã – Aldeia Krukutu/SP;
Mauricio da Silva – Aldeia Estiva /RS;
Renato Mariano – Aldeia Pindoty/SP;
Santiago Franco – Aldeia Coxilha da Cruz/RS;
Timóteo da Silva Vera Popygua – Aldeia Barragem/SP;
Vilmar Vilhares – Aldeia Araponga/RJ
CONSELHO DOS NHANERAMÕI
João da Silva – Aldeia Bracuí/RJ;
José Fernandes Soares – Aldeia Jaraguá

Sem comentários

Mande uma Resposta