Nota de Repúdio pela exoneração de Cristiano Hutter, coordenador regional do litoral sudeste da FUNAI

São Paulo – SP, 26 de novembro de 2019.
Nós, lideranças da Comissão Guarani Yvyrupa (CGY) – organização representativa das aldeias guarani das regiões Sul e Sudeste do Brasil, viemos por meio desta repudiar a exoneração do indigenista Cristiano Hutter da coordenação regional do litoral sudeste da FUNAI que atende os nossos parentes na baixada santista no estado de São Paulo. Cristiano é um servidor comprometido com o povo indígena e que conhece a fundo nossa realidade, sempre disposto a colaborar, respeitar e garantir os nossos direitos, de acordo com os objetivos da FUNAI.
Entretanto, desde que o Governo Bolsonaro iniciou, nossos direitos estão constantemente ameaçados, tanto é que no lugar de Cristiano foi indicado um militar para assumir a regional da FUNAI, como foi feito no tempo do SPI – Serviço de Proteção aos índios, que deixou de existir dando lugar a FUNAI em 1967 com a promessa de ser uma instituição mais democrática e trabalhar para garantir e proteger nossos direitos. O que vemos no governo Bolsonaro é o contrário, é o desmonte de nossos direitos, a criminalização e afastamento de servidores experientes e um ataque constante as nossas lideranças e organizações representativas, além da não demarcação de nossas terras reivindicadas. Repudiamos este retrocesso e não vamos aceitá-lo!
Apoiamos a permanência de Cristiano Hutter frente a regional do litoral sudeste da FUNAI em São Paulo e não aceitaremos qualquer nomeação, por motivação político partidária, que venha ferir os nossos direitos garantidos pela constituição.
Seguimos em luta!
Aguyjevete
Comissão Guarani Yvyrupa – CGY

Sem comentários

Mande uma Resposta